11 de jul2011

Pulsantes conhecem rádios na Alemanha em intercâmbio

por arthurwilliam
Katarine Flor e Gilka Rezende, da Pulsar Brasil

Katarine Flor e Gilka Rezende, da Pulsar Brasil

No dia 5 de julho retornam ao Brasil as pulsantes Gilka Resende e Katarine Flor que, desde abril, estavam na Alemanha participando de um intercâmbio com a Onda NPLA, organização parceira da Pulsar, também associada ao movimento de rádios livres e comunitárias. Elas tiveram a oportunidade de conhecer rádios de algumas cidades do país e em breve teremos mais relatos dessa experiência.

6 de jul2011

Hackers invadem sítio da Pulsar e atrapalham produção

por arthurwilliam
Site da Agência Pulsar Brasil

Site da Agência Pulsar Brasil

A Pulsar Brasil, que durante os últimos três meses decidiu manter seu trabalho mais centrado na produção diária de notícias pelo site, passou por uma situação desagradável no final do mês de junho. Grupos de hackers que se antointitulam uma comunidade de hackeativistas invadiram o site da agência, o que tem impossibilitado a nossa produção normal durante duas semanas. O problema está sendo resolvido pelo administrador do site e esperamos que em breve seja definitivamente solucionado.

5 de mai2011

Novidades da Pulsar

por arthurwilliam

Em março seguimos com a organização do escritório, que se mudou em pleno carnaval.

Também fomos convidados para participar de uma das oficinas territoriais do encontro Diálogos e Convergências que está sendo organizado pela Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) Rede Brasileira de Justiça Ambiental, Fórum Brasileiro de Economia Solidária, entre outras redes, movimentos e articulações. A ideia é buscar as interfaces para articulação e ação política sobre estes vários temas – agroecologia, saúde, justiça ambiental, soberania alimentar, economia solidária – sempre levando em conta as lutas nos territórios com o óbvio objetivo de fortalecer a atuação de cada um desses atores. Fomos convidados porque a ANA tem pautado a comunicação e a disputa de ideias como ponto fundamental nesta articulação. Sem fazer circular a informação, como vamos mudar a realidade que enfrentamos hoje? Por lá falamos da atuação da Pulsar e sobre a importância das rádios comunitárias e da mídia alternativa, junto, inclusive, das comunicadoras populares que atuam na Articulação do Semiárido (ASA) no norte de Minas e têm feito trabalho de mapeamento de emissoras comunitárias por lá.

No mês de abril o escritório da Pulsar Brasil ficou mais solitário. As pulsantes Gilka Resende e Katarine Flor embarcaram para Berlim na Alemanha, aonde, durante três meses, vão experienciar a produção do coletivo Matraca que integra o projeto Onda Npla. Onda produz conteúdos para rádios livres da Alemanha. Matraca é a parte do projeto que aborda questões relacionadas à América Latina. Em breve a produção será publicada em português e espanhol também no site da Pulsar.

Em abril a Agência Pulsar também esteve em uma das mesas do encontro sobre leitura crítica da mídia promovido pelo coletivo de Hip Hop Luta Armada e pelo Sindipetro-RJ. Falamos sobre as diferenças de linguagem e conteúdo quando falamos, na mídia comunitária e alternativa, sobre os mesmos assuntos que estão na mídia comercial. E sobre os interesses por trás dessas diferenças. (A associada individual Denise Viola também participou, em outro espaço de debate, falando sobre a representação das mulheres na mídia.)

Neste momento em que menos pessoas estão dedicadas integralmente ao trabalho na Pulsar, o escritório no Brasil mantém, sobretudo, a atualização diária do site. As notícias podem também ser recebidas por e-mail, é só ir no site e assinar o recebimento do panorama diário através do link: http://www.brasil.agenciapulsar.org/suscripciones.php.

Equipe Pulsar Brasil